Profissão Alfaiate: O ofício que atravessa gerações



A profissão de Alfaiate é uma das mais antigas e está presente desde 1297, no período da Idade Média. Entretanto, é apenas durante o Renascimento que ocorre uma maior preocupação estética com o vestuário, pois é nesse período que o homem passa a valorizar mais o corpo, bem como, a querer destacar as suas formas.

Assim, a profissão de alfaiate ganha destaque. Ele deveria ter conhecimento de praticamente todo o processo de produção do vestuário. Por isso, escolhia cuidadosamente os tecidos e tinha um vasto conhecimento das proporções corporais. Inclusive, se o alfaiate cometesse algum erro de execução, deveria pagar multas. Dessa maneira, a alfaiataria sempre foi uma profissão de muita responsabilidade e prestígio e que se destacava dentre todas as outras.


Vale ressaltar que no nosso país, os primeiros alfaiates chegaram juntamente com a Corte Portuguesa e os conhecimentos eram passados de geração a geração.


Portanto, mesmo após a evolução no modo de produção que é capaz de fabricar roupas em série, a profissão de alfaiate se mantém. Tanto que roupas encomendadas sob medida possuem tanto um valor quanto uma produção únicos. Uma vez encomendada toda a modelagem e costura é pensada especialmente para o cliente.


Gostou? Acesse o site da Klus (www.klus.com.br) para ver as novidades e agendar o seu horário para uma confecção sob medida.




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo